Cuidado com brincadeiras no ambiente de trabalho

Ter bom humor e sorrir para a vida é fundamental para viver bem. Brincar e conviver com pessoas felizes nos ambientes em que compartilhamos é muito bom. De acordo com especialistas, um bom ambiente de trabalho que abre espaço para risadas e brincadeiras produz funcionários muito mais livres, motivados, estimulados e reconhecidos.

Mas, diante deste assunto, todo cuidado é pouco. Mesmo que alguns especialistas afirmem que bom humor no trabalho é um atributo do profissional de sucesso, saber dosá-lo ainda é mais importante.

Piadas e brincadeiras em excesso não são recomendadas ao ambiente de trabalho. Elas podem gerar constrangimentos muitas vezes incontornáveis. Há pessoas que não conseguem controlar seus impulsos e chega ao absurdo de levar tudo na brincadeira, sorrir em gargalhadas em reuniões importantes ou mais sérias.

Por isso, tenha cuidado, não seja o que os especialistas chamam de “o engraçadinho”.  Seja apenas gentil, sorria quando necessário, faça brincadeiras inteligentes e pontuais. Nada de exageros.

Por fim, lembre-se de, acima de tudo, manter a boa educação e o respeito a todos no ambiente de trabalho. Assim você evita que os outros o reconheçam de forma negativa ou que uma conduta impertinente leve à perda do seu emprego.

 

Fonte/Adaptação: http://www.administradores.com.br/noticias/negocios/ambiente-de-trabalho-brincadeira-tem-hora/20795/ ; http://iranmelo.com/como-lidar-com-as-brincadeiras-no-local-de-trabalho/http://www.blogsegurancadotrabalho.com.br/2017/02/dds-brincadeiras-no-trabalho.html

Nenhum comentário.

Aprenda a usar o celular corretamente no trabalho

 

 

Viver sem ele não dá. Mas é preciso saber lidar com o seu uso em alguns ambientes, especialmente, no trabalho. Mesmo com toda sua praticidade, usar o smartphone de forma inapropriada ou em locais inadequados pode acabar interferindo nas nossas atividades do dia a dia e até diminuir o seu rendimento laboral. O negócio é usá-lo com sabedoria e controle. Confira algumas dicas de como usar seu celular no trabalho, mas não incomodar os colegas:

  • Tome cuidado com o uso demasiado das redes sociais no celular: isso pode distraí-lo e ainda passar uma má imagem. Tente separar a sua vida pessoal e social da profissional.
  • Só use para ligações realmente importantes: o ambiente de trabalho é um local dividido por muitos, então, as ligações podem ser incômodas para quem está ao seu redor. Caso precise atender à chamada, vá para um lugar reservado e seja o mais breve possível. Também procure falar baixo e evitar se exaltar.
  • Mantenha o seu aparelho celular no silencioso: os toques e bipes de mensagens podem incomodar e até atrapalhar a concentração dos seus colegas de trabalho.
  • Atenção redobrada com os grupos de WhatsApp: evite usá-los durante o expediente, ao menos que seja algo realmente urgente. Da mesma forma que as ligações e os SMS, as mensagens chegando a todo instante podem incomodar e atrapalhar a concentração dos seus colegas.
  • Evite levar o smartophone para reuniões:  só leve seu aparelho se estiver esperando uma ligação importante. Mantenha-o no silencioso. Se for o caso de atendê-lo, seja o mais discreto possível e saia da sala.

Nenhum comentário.

Acidentes com agentes químicos

Em menor ou maior escala, todas as pessoas estão expostas, todos os dias, a algum risco químico. Por isso, identificá-los, classificá-los e aprender sobre as medidas que devem ser adotadas para evitar acidentes com esses produtos, torna-se relevante para a segurança e preservação da vida, em qualquer ambiente.

Segundo especialistas, o risco químico é o perigo ao qual a pessoa fica exposta ao manipular produtos químicos que podem causar-lhe danos físicos ou prejudicar-lhe a saúde. Entre os danos físicos relacionados à exposição química inclui, desde irritação na pele e olhos, passando por queimaduras leves, indo até aqueles de maior severidade, causado por incêndio ou explosão.

Além disso, os danos à saúde pode advir de exposição de curta e/ou longa duração, relacionadas ao contato de produtos químicos tóxicos com a pele e olhos, bem como a inalação de seus vapores, resultando em doenças respiratórias crônicas, doenças do sistema nervoso, doenças nos rins e fígado, e até mesmo alguns tipos de câncer.

A existência do risco químico tem seus agentes, que são as substâncias, compostos ou produtos que possam penetrar no organismo do trabalhador pela via respiratória, nas formas de poeiras, fumos gases, neblinas, névoas ou vapores, ou que seja, pela natureza da atividade, de exposição, possam ter contato ou ser absorvido pelo organismo através da pele ou por ingestão.

Entre as maneiras existentes de proteção à pessoa exposta ao risco químico está a barreira de contenção. Trata-se de dispositivos ou sistemas que mantém o operador protegido do contato com substâncias químicas irritantes, nocivas, tóxicas, corrosivas, líquidos inflamáveis, substâncias produtoras de fogo, agentes oxidantes e substâncias explosivas.

Como identificar?

As precauções essenciais de segurança em relação aos riscos químicos ocorrem por meio da rotulagem com símbolos e textos de avisos. Os rótulos ou etiquetas aplicados sobre uma embalagem trazem as informações necessárias para que o produto ali contido seja tratado com toda a segurança possível. Os especialistas orientam que é perigoso reutilizar o frasco de um produto rotulado para guardar qualquer outro diferente, ou mesmo colocar outra etiqueta sobre a original. Isto pode causar acidentes. Por isso, ao encontrar uma embalagem sem rótulo, não tente adivinhar o que há em seu interior. Existindo a impossibilidade de identificar o produto, descarte-o imediatamente e de forma correta.

(Fonte/adaptação:  http://falandodeprotecao.com.br/riscos-em-laboratorios-quais-sao/ ; http://negocios.maiadigital.pt/hst/sector_actividade/quimica/riscosmedprevqui/riscosmedidasprev ; http://www.fiocruz.br/biosseguranca/Bis/lab_virtual/riscos_quimicos.html; http://www.quimica.ufpr.brttp://www.academia.edu/3787325/Preven%C3%A7%C3%A3o_de_Doen%C3%A7as_Causadas_por_Agentes_Qu%C3%ADmicos_Preven%C3%A7%C3%A3o_de_Doen%C3%A7as_Causadas_por_Agentes_F%C3%ADsicos_Preven%C3%A7%C3%A3o_de_Doen%C3%A7as_Causadas_por_Agentes_Biol%C3%B3gicos ; http://segurancadotrabalhonwn.com/etapas-de-prevencao-para-agentes-quimicos/ )

Nenhum comentário.