Confira algumas dicas para melhorar a memória em 2017!

Esquecer compromissos, trabalhos, não se lembrar de uma palavra e como termina uma história ou acontecimento, essas são algumas situações comuns de acontecer em pessoas de todas as idades. A memória pode ser prejudicada por hábitos não saudáveis, por isso, cuidar da saúde e manter alguns requisitos simples para os cuidados do corpo e da mente, pode garantir uma boa disposição física e mental.

Assim, para começar bem o ano, com um planejamento impecável que não vai ser esquecido, confira algumas dicas de especialistas que ajudam a melhorar a sua memória:

  • Busque aprender de tudo: essa é uma ótima forma de fazer o cérebro trabalhar. Estimular  a mente a entender novas coisas, ajuda na capacidade de raciocínio. Atividades como falar um outro idioma ou tocar um instrumento musical também são muito válidos. Procure praticar coisas que sejam um desafio para você, aprenda algo diferente a cada dia.
  •  Marque seus compromissos: o ato de escrever ajuda a gravar as informações, além disso, anotar é bom para não acabar esquecendo algum evento importante.
  •  Repita as informações até memorizá-las: essa prática permite decorar as coisas que são necessárias, também serve como um exercício para a memória. O ideal é fazer isso muitas vezes durante o dia.
  •  Pratique a leitura: ler oferece vários benefícios, principalmente para a memória, além do que, é um bom jeito de se manter entretido. Desenvolva esse hábito para fortalecer a mente.
  •  Exercite-se: exercícios físicos são, de fato, uma fonte de saúde, e para a memória não é diferente, faça atividades regulares como caminhadas ou alongamentos.
  • Prefira alimentos saudáveis: é comprovado que alguns alimentos têm a capacidade de ajudar na saúde mental. Prefira refeições balanceadas e que colaborem para uma boa condição física e mental.
  •  Não fique só em casa: mais uma dica sobre não ficar parado, sair, conversar e se divertir. Enfim, faça atividades prazerosas, pois elas são fundamentais para diminuir o estresse diário.
  •  Descanse: se por um lado movimentar-se é importante, o contrário disso também é. Relaxar ajuda a diminuir o estresse e consequentemente, melhora a saúde mental. Uma boa noite de sono também é super indicado, quando a pessoa não dorme bem, causa sérios danos à saúde.

Porém, no caso de acontecer vários esquecimentos durante o dia, é interessante buscar ajuda de profissionais para realizar exames e verificar outros procedimentos necessários para manter a memória saudável.

  (fonte/adaptado:https://www.tuasaude.com/para-ter-mais-memoria/)

 

Nenhum comentário.

Doenças comuns que afetam os trabalhadores, como evitar?

As doenças que ocorrem no local de trabalho podem ser um problema muito sério, tanto para o trabalhador quanto para a empresa, que ficará com a equipe desfalcada. Assim, é importante conhecer os possíveis riscos para evitá-los, visando manter a saúde do colaborador e a funcionalidade do trabalho.

Da mesma forma, o trabalhador deve ficar atento às dores, pois muitas delas podem ser prevenidas, garantindo a ele saúde a longo prazo e qualidade de vida no ambiente de trabalho e fora dele.

De acordo com especialistas, não existe “dores normais”. Todo desconforto deve ser avaliado por um médico. Por isso, em todos os casos –  mesmo que não exista nenhum sintoma aparente, a orientação médica é sugerida, juntamente com a realização de check-up ao menos uma vez ao ano. Com isso é possível prevenir possíveis doenças que agem silenciosamente no corpo.

Além disso, claro, recomenda-se ter hábitos saudáveis –  boa alimentação e exercícios físicos regulares, especialmente -, que   garantem uma boa forma física e mental, independente da idade

Conheça abaixo algumas doenças que são muito comuns em algumas ocupações, e por isso, merecem atenção e cuidado especial para evitá-las:

  • Dor nas costas:  são causadas principalmente em trabalhadores que passam a maior parte do dia sentado. A ergonomia e algumas dicas de alongamento podem ser úteis para se prevenir deste tipo de doença.

 

  • Problemas no coração: alguns tipos de doença do coração estão ligados a situações constantes de muito estresse e hábitos não saudáveis. O ideal é criar um ambiente no trabalho que possibilite momentos tranquilos. É importante também tentar seguir com cuidados na alimentação e praticar exercícios físicos para fortalecer a saúde.

 

  • Doenças psicológicas: a depressão e o estresse, são duas das doenças mais comuns nos locais de trabalho, principalmente, naqueles que exigem resultados rápidos, muitas cobranças e que obrigam o trabalhador a lidar com situações sob pressão. Novamente é bom lembrar:  o ambiente de trabalho precisa ter seus momentos de relaxamento e descontração, para o bem da saúde do funcionário.

 

  • Varizes e vasinhos: outra doença que afeta com frequência os trabalhadores,  são as varizes e vasinhos, geralmente ocorrem em pessoas que ficam muito tempo em pé ou sentadas, evitar esses dois extremos ajuda como forma de prevenção.

 

  • Câncer: este tipo de doença ocorre por propensões genéticas e por hábitos ruins de saúde. Para evitá-la é fundamental levar uma vida com alimentações regulares e saudáveis, praticar exercícios físicos moderados e manter acompanhamento médico com exames de rotina, especialmente, se houver casos da doença na família.

 

(fonte/adaptado: http://blog.inbep.com.br/as-7-doencas-que-provocam-afastamento-do-trabalho/

 
http://www.protecao.com.br/noticias/doencas_ocupacionais/10_principais_problemas_de_saude_desenvolvidos_no_trabalho/AAyAAJji/6057)

Nenhum comentário.

Cuide da sua saúde no verão

Com a chegada do verão, os cuidados com a saúde devem ser redobrados. Entre vários problemas de saúde que podem surgir nessa época os mais comuns são as doenças respiratórias, intoxicações alimentares, desidratação pela falta de água, e ainda, queimaduras na pele pelo sol. Por isso, separamos algumas dicas importantes para passar o verão evitando problemas de saúde ligados a essa estação que é a mais quente do ano. Veja:

  • Hidratar-se muito: muitas vezes nem percebemos que estamos com sede, por isso, ande sempre com uma garrafinha de água por perto, isso obriga a beber água com mais frequência. A falta de água pode causar desidratação e problemas renais, por isso, o ideal é beber no mínimo dois litros de água diariamente.

 

  • Fiscalizar o que come: nas épocas de calor, é muito comum acontecer as intoxicações alimentares, isso porque as bactérias multiplicam-se com maior rapidez nos alimentos, por isso, é importante mantê-los em locais bem refrigerados, adequados e se possível, preferir alimentos frescos ou feitos na hora. Nos primeiros sintomas de intoxicação como a náusea, vômito e diarreia, hidrate-se com soro caseiro ou isotônicos.

 

  • Cuidado com a pressão: no verão é muito comum os casos de pressão baixa, por isso, cuidados com a hidratação e alimentação do corpo são fundamentais. Beber muita água e preferir alimentos que contenham mais líquido como peras, maçãs, melancias e outros ajudam a manter o corpo hidratado, além do que, ajuda a refrescar durante o  calor.

 

  • Previna-se das gripes de verão: durante o verão as pessoas gostam dos lugares que estejam o mais fresco possível, isso inclui os locais com ar-condicionado. Porém, esse hábito deve ser evitado para não ocorrer às conhecidas gripes de verão, elas acontecem quando a pessoa se expõe a temperaturas quentes e logo em seguida, a locais frios. Procure acostumar o corpo a cada temperatura, por exemplo, não beba água gelada se você ainda está muito quente, prefira esperar a temperatura corporal diminuir para beber água e de preferência, não muito gelada.

 

  • Cuidado com a exposição ao sol: é praticamente impossível evitar o sol, uma hora ou outra será necessário, porém, o ideal é não ficar muito tempo exposto. Além disso, pegar sol é essencial para repor algumas vitaminas e para manter o bom humor, porém, existem horários em que o sol está mais fraco como o início da manhã e no final da tarde, esses são os momentos em que é mais seguro para aproveitá-lo.

 

 (fonte/adaptado: http://zh.clicrbs.com.br/rs/vida-e-estilo/vida/noticia/2016/01/como-evitar-problemas-de-saudeassociados-ao-verao-e-ao-calor-4942253.html )

 

Nenhum comentário.